Drive Thru RPG

Oradores dos Sonhos: Independentes

16/04/2012

Nomes: Solitários, Os Chamados, Loucos (levemente pejorativo), Peões Espirituais (muito pejorativo)

Os Oradores dos Sonhos são a única Tradição onde é possível se tornar um mago sem nunca ter passado pelo aprendizado com um professor “físico”. Os Independentes são o reflexo e maior exemplo desse fato. Os pactos mais antigos entre magos e espíritos, segundo as lendas, são devidos a eles.  Há lendas de que Umbróides poderosos contatavam pessoas com o potencial para Despertar há pelo menos 25 mil anos, ajudando em suas jornadas.

Os Independentes foram desde o começo aqueles magos que Despertaram de forma isolada, tendo apenas a si mesmos e seus aliados espirituais com quem contar. Esses magos tocados pelos espíritos são instruídos por seus mentores Umbrais e pelas próprias experiências, tendo visões únicas do mundo e levando a outras pessoas as mensagens de seus aliados.

Uma parte da visão distorcida que se tem dos Independentes é o fato de que nem todos os espíritos que os ajudam são bem intencionados – alguns simplesmente buscam nada mais do que escravos cooperativos para colocar seus planos em prática, ou se divertir às custas do mago e do conhecimento errado dado a ele sobre o mundo.

Compre o Tradition Book Dreamspeakers Revised

Mesmo em culturas altamente religiosas como as muçulmana e católica, o surgimento de Independentes acontecia com determinada frequência, muitas vezes tendo o Despertar causado pelas limitações impostas por suas culturas.

Um reflexo de seu Despertar solitário e traumático é o fato da maioria dos Independentes serem tocados pela loucura, sendo vistos na figura de eremitas, ascetas e videntes excêntricos. Enquanto muitos foram mortos por suas práticas e visões do mundo, alguns conseguiram uma quantidade relativamente grande de seguidores.

O crescimento da Tecnocracia foi um golpe duro para os Independentes: a loucura passou a ser vista não como uma benção ou uma maldição, mas como uma doença perigosa que deveria ser tratada. Muitos dos antigos asilos dos séculos XIX e XX estavam cheios de Independentes e aqueles que poderiam ter Despertado, se não fossem submetidos a medicações e tratamentos inumanos.  Com o desenrolar do século XX, o tratamento da loucura foi humanizado, liberando muitos desses chamados Loucos e permitindo que outros finalmente Despertassem com ajuda das vozes e companheiros (nem sempre) invisíveis.

Com o advento da Internet, os Independentes passaram a se organizar e se encontrar de alguma forma. Muitos dos Independentes se tornam escritores ou artistas como forma de levarem ao mundo a mensagem de seus guias espirituais.

Fonte: Tradition Book Dreamspeakers Revised – páginas 37 a 39
Resenha: Emi
Revisão: Eva

Sobre Colaboração

Artigos publicados por leitores ou ex-autores do blog, que gentilmente colaboraram conosco ao longo dos anos. Artigos de opinião não necessariamente expressam a opinião das autoras do blog; traduções e resenhas têm suas informações checadas.

Ver mais artigos de