Drive Thru RPG

Mago: A Ascensão

Mago: A Ascensão Mago: A Ascensão é um jogo de RPG que teve sua primeira edição lançada em 1993, a segunda em 1995 e sua edição revisada em 2000. Sua edição comemorativa de 20 anos de lançamento deve ser anunciada em 2013. Foi o terceiro título lançado para o Clássico Mundo das Trevas, seguindo Lobisomem: O Apocalipse.

“A Ascensão” se refere à busca dos magos (que são todos humanos, demasiadamente humanos) pela iluminação, um estado de plenitude que pode tanto ser alcançado individualmente como pela humanidade como um todo.

Continue Lendo
Convenção Tecnocrata: O Sindicato

Convenção Tecnocrata: O Sindicato

O Sindicato é a Convenção Tecnocrata cujas raízes estão no comércio e a troca. Apesar muitas vezes de considerados pelas outras Convenções como não mais que um banco de Iluminados, O Sindicato vai muito além. Subliminarmente possuem um coelho na cartola que passa muitas vezes despercebido diante das outras Convenções. São capazes de boicotar ou […]

Continue lendo ->

04/04/2012
Sociedade da Roda Fantasma

Sociedade da Roda Fantasma

Nomes: Enroladores, Golpistas, Boêmios, Ladrões. Os primeiros xamãs seguiam a humanidade desde seu começo, e com o advento da agricultura e das primeiras cidades, muitos se isolaram entre os povos nômades restantes e tribos isoladas. Alguns Oradores, no entanto, viram uma oportunidade e seguiram para as primeiras cidades. Os primeiros dentre os membros da Sociedade […]

Continue lendo ->

03/04/2012
Sobre Mago: A Ascensão

Sobre Mago: A Ascensão

Mago: A Ascensão é um jogo de RPG que teve sua primeira edição lançada em 1993, a segunda em 1995, e sua edição revisada em 2000. Foi o terceiro título lançado para o Clássico Mundo das Trevas, seguindo Lobisomem: O Apocalipse. “A Ascensão” se refere à busca dos magos pela iluminação, um estado de plenitude […]

Continue lendo ->

27/03/2012
Guardiões da Chama Sagrada

Guardiões da Chama Sagrada

Nomes: Guardiões, Gravadores, Tradicionalistas. A ideia central por trás dos Guardiões é a de que xamãs de culturas que perderam a luta contra conquistadores e influências externas podem preservar ao menos algumas de suas tradições. Talvez a tradição mais visivelmente identificável entre os Oradores para quem é de fora da Tradição, os Guardiões da Chama […]

Continue lendo ->

26/03/2012
Dragões no Mundo das Trevas II

Dragões no Mundo das Trevas II

Depois da lenda, ou de uma delas, existem os fatos. O que realmente são os dragões do Mundo das Trevas? Descrição Aqui existem dragões. A inscrição, inevitavelmente, marca a mais distante, mais inacessível e menos hospitaleiro canto do mapa. O navegante sábio nunca lê tal frase em voz alta, embora possa possa tocá-la no mapa, […]

Continue lendo ->

22/03/2012
Declaração da Torre de Marfim

Declaração da Torre de Marfim

Nós, desta Convenção, reunidos na Torre Branca de Yoasmy Fallen na Província de Ramainge, Normandia, no dia Vinte e Cinco de Março, no ano de Nosso Senhor de Mil Trezentos e Vinte e Cinco, viemos por meio deste resolver que a Humanidade não será ameaçada por loucos e bestas, que o Mundo deve ser um […]

Continue lendo ->

21/03/2012
Tecnocracia

Tecnocracia

A União Tecnocrática, também chamada de Tecnocracia, é geralmente retratada como os antagonistas de chapéus pretos e óculos escuros. Okay – este pode ser um clássico e cheio de estilo, mas vão muito além disso. Fundada sob o nome de Ordem da Razão em 1325, com a ideia de ser um grupo dedicado à proteção […]

Continue lendo ->

20/03/2012
Dragões no Mundo das Trevas

Dragões no Mundo das Trevas

Dizem que não existem dragões. Mas também dizem que não existem lobisomens, vampiros, magos, e até mesmo fadas. Mas algumas vozes, vindas de um passado distante, contam histórias de um tempo em que o mundo dançava nas ondas do caos primordial. Conheçam a história da deusa Ellisere e as batidas de seu Necronome. A Lenda […]

Continue lendo ->

15/03/2012
Baruti

Baruti

Nomes: Contadores de histórias, andarilhos, mentirosos (pejorativo). Os Baruti tem uma origem extremamente antiga e, segundo esses contadores de histórias, que remonta desde a época em que o mundo era achatado e a Película ainda não existia. Os Baruti sempre foram aqueles que criavam a mágika e contavam histórias, contos de passados e lugares distantes […]

Continue lendo ->

12/03/2012
Mago é Só um Jogo!

Mago é Só um Jogo!

Sempre concordei com essa afirmação e tive mente o suficiente para separar realidade de ficção…mas quem foi que disse que não podemos tirar noções de vida de um jogo? Mago possui um texto que discorre sobre a metafísica e pensamentos abstratos, a existência de infinitas habilidades, a diferença de paradigmas existente em nosso mundo e […]

Continue lendo ->

09/03/2012

Esferas Qlippóthicas II

Correspondência Qlippóthica Correspondência é baseada na ideia de que tudo é conectado. A Correspondência Qlippóthica reconhece isso, e extrapola o conceito, notando que se algo é destruído, tudo o mais é tocado por essa destruição. Mágika baseada nessa Esfera busca a propagação de decadência de uma coisa para a outra, e assim, destruindo um aspecto da […]

Continue lendo ->

08/03/2012
Bestas Mágicas e a Sua Crônica

Bestas Mágicas e a Sua Crônica

Então, a pergunta de um milhão de reais em barras de ouro: monstros mitológicos como harpias e dragões existem no Mundo das Trevas? Sim. E não. Sim, as sombras escondem animais famintos que parecem mais apropriados para uma galeria heráldica do que para um zoológico do século 21. A existência de Membros, Despertos, Raças Metamórficas […]

Continue lendo ->

06/03/2012
Afinal, O Que é Vulgar em Mago?

Afinal, O Que é Vulgar em Mago?

Esta é uma dúvida muito comum. Está na mão do Narrador? Quem decide quando é a hora do (ui) Paradoxo? Onde está Wally? Eu poderia ser simplista e responder “tudo o que alguém olha e diz que não pode ser, é vulgar”, mas felizmente, como tudo em Mago, não é tão simples. Algumas pistas tornam […]

Continue lendo ->

28/02/2012
O Duplo na Relação Mago/Avatar – Parte 1

O Duplo na Relação Mago/Avatar – Parte 1

Minha personalidade tornou-se um fardo para mim -Oscar Wilde Olá, pretendo discorrer sobre a relação do mago com o seu avatar e, para tal, vou me valer do cânone da literatura ocidental. Para além da discussão se o avatar é real, imaginário, espírito, essência, o tema do duplo é antigo na literatura. Começando lá pelo […]

Continue lendo ->

27/02/2012
Os Vazios

Os Vazios

“O entusiasmo é uma embriaguez moral.” Lord Byron Drama, paixão e sofrimento são algumas das coisas que fazem os vazios serem conhecidos pelo o que são. Ainda que muitas vezes sejam vistos como crianças rebeldes dançando nas sombras, o próprio Ofício vem a desmentir isso quando é observado de perto. Herois da noite, os Vazios […]

Continue lendo ->

25/02/2012
Widderslainte

Widderslainte

Eu entendo! A vida é Homeopática! – Aprendiz Verbena, barabbus em potencial Os Widderslainte são, de certa forma, os Nephandi originais. Ou talvez não. A palavra “widderslainte” é de origem celta. Pronunciada “WID-der-SLÁN-ch”, significa “antítese à vida”, o que dá mais do que uma leve pista sobre seu paradigma e valores. Quando mais se aprecia a […]

Continue lendo ->

11/02/2012
Silêncio, Arcanum e o Delírio Causado por Lobisomens

Silêncio, Arcanum e o Delírio Causado por Lobisomens

Magos elaboram muitas teorias sobre praticamente qualquer coisa. O Delírio, causado pelos Garou nos Adormecidos (magos realmente não sofrem nada de Delírio), o efeito do Arcanum e o Silêncio (ou Crepúsculo, como é chamado pelos Herméticos) não poderiam ficar de fora dentro do jogo. A seguir, a tradução de mais um dos bons textos publicados […]

Continue lendo ->

10/02/2012
A Busca pela Iluminação

A Busca pela Iluminação

Por que minha consciência Desperta parece um poema surrealista? – jogador de Mago confuso durante uma Busca Na descrição mais básica, uma Busca é uma missão espiritual, de iluminação, um ensaio (ou uma tese de conclusão de curso :) para que um mago aumente a sua compreensão a respeito dos mistérios da Realidade. Buscas espirituais […]

Continue lendo ->

09/02/2012
O Arquétipo da Maldade

O Arquétipo da Maldade

 Tenho conversado com outros Narradores, e muitos encontram dificuldades para encaixar os Nefandi como antagonistas em suas crônicas. O post de hoje tenta traçar algumas linhas, para que se compreenda melhor alguns aspectos do que é o mal sob diferentes óticas. Ainda que eu levante apenas conceitos, talvez ajude Narradores de mesas mais maduras a […]

Continue lendo ->

08/02/2012
Familiares – How To

Familiares – How To

PixelDust olhou para o grosso livro em latim que tinha diante de si, e esfregou os olhos. Fora difícil, mas finalmente conseguira extrair todo o blá blá blá desnecessário, e fazer uma FAQ consistente, e ainda assim, resumida, acerca dos familiares. Tudo bem, seria injusto dizer que tudo veio daquele livro – muitas perguntas foram […]

Continue lendo ->

07/02/2012
Página 5 de 15« Primeira...34567...10...Última »