Drive Thru RPG

>O Código de Hermes

28/12/2011

>

I. Eu juro lealdade eterna à Ordem e seus membros. Os amigos e inimigos da Ordem são meus amigos e inimigos e eu não rejeitarei um amigo nem socorrerei um inimigo.

II. Nem por ação nem por omissão colocarei a Ordem em perigo, nem compactuarei com demônios ou mortos-vivos, nem enfurecerei as fadas.

III. Não privarei nenhum mago da Ordem de poder mágico, nem por ação nem por omissão tentarei ferir um mago da Ordem, exceto em um justo e declarado certámen.

IV. Não espionarei, por nenhum meio ou modo, os trabalhos privados de outro mago da Ordem, nem lerei sua mente, nem invadirei ou observarei o Sanctum de um mago da Ordem, salvo para salvaguardar de uma direta, forçada e iminente ameaça à segurança da Ordem.

V. Se chamado perante um Tribunal, aceitarei seu veredito. Se chamado a sentar em um Tribunal, votarei sabiamente, respeitando os votos alheios e apoiando o veredito do Tribunal.

VI. Ao chegar ao Quinto Grau ou além, treinarei aprendizes e os instruirei neste Código. Eu manterei a inteira responsabilidade por meu aprendiz e admoestarei, disciplinarei ou aprisionarei um aprendiz que coloque a Ordem em perigo, e levarei este mesmo aprendiz a um agente legalmente apontado pela Ordem ou a um Tribunal.

VII. Juro solenemente apoiar este sagrado Código de Hermes e correr qualquer risco ou sacrifício para protegê-lo. Quebrando-o, que todos os magos da Ordem se levantem unidos como um só para me caçar e me destruir.

VIII. Juro solenemente perseguir, ativa e vigorosamente, todos os Inimigos da Ascensão, e desfazer seus trabalhos neste mundo e em todos os outros.

The Code of Hermes
Fonte: Tradition Book Order of Hermes Revised (páginas 44 e 45)
Tradução: Eva

Sobre Eva

Escritora, tradutora e revisora, macumbeira feminista, maga da Ordem do Dado, colaboradora da Dragão Brasil, Oráculo do Livro dos Espelhos e editora da Aster Editora.

Ver mais artigos de