Drive Thru RPG

Trolls – Changeling: O Sonhar

03/01/2015

Um_Troll__by_xGotikox

“Enquanto meu senhor precisar dos serviços de minha espada, eu ficarei a seu lado.”

Pronúncia: Tróus

Dever, força e honra são as marcas registradas dos trolls. Guerreiros sem igual, eles se apegam à velha tradição da sinceridade no falar e das verdades simples. Para eles, a honra é um meio de vida e, depois de prometerem apoiar alguém, eles se dedicarão de corpo e alma. Muitos trolls esperam a mesma honestidade de todas as fadas e muitas vezes acabam se decepcionando. De fato, inúmeras fadas consideram os trolls ingênuos exatamente por causa disso, principalmente quando se trata de confiança. Contudo, a devoção de um troll não se extingue tão facilmente; eles também são vistos como pacientes, confiáveis e cavalheirescos.

Os trolls consideram a dedicação como uma medida de seu valor. Se quebrar a palavra ou trair a confiança de alguém, o troll enfraquecerá até expiar por sua ofensa. Além disso, os trolls não podem usar sua grande força sem uma causa justa. Afinal, aproveitar-se injustamente de uma vantagem tão grande sobre um adversário não seria cavalheiresco. As lendas contam que os trolls, na verdade, foram o primeiro kith nobre; quando os sidhe apareceram, uma grande guerra começou. Os trolls perderam e, como resultado, juraram lealdade aos sidhe. Desde então, servir como guardiões tem sido seu destino.

Esse kith tem uma reputação impressionante em grande parte devido a seus irmãos Seelie. Os trolls Seelie são chamados “gigantes”, e seus aspectos mortais costumam ser rudemente soberbos e vistosos. A bravura e o estoicismo definem seu caráter. Sempre em busca de civilidade, eles geralmente usam títulos formais quando se dirigem a outras pessoas e dedicam suas almas àqueles que respeitam. No romance, são pretendentes apaixonados que adoram todos os paramentos do amor cortês. Na lealdade, é quase impossível fazer o troll mudar de opinião uma vez que ela tenha sido estabelecida. Eles preferem aposentos espartanos e uma vida simples; o reconhecimento pelos serviços prestados é recompensa mais que suficiente.

Mesmo assim, há limites para a tolerância de um troll. A zombaria de um pooka ou de um nocker dificilmente provocará um troll, mas, se perder a paciência, ele terá um acesso monstruoso de fúria, destruirá tudo e todos até se acalmar ou ser derrubado. Até mesmo o mais tolo dos pooka presta atenção ao semblante de um troll em busca de sinais de raiva. Essas fadas também podem ser resolutas. Mudar a opinião de um troll pode ser tão difícil quanto mover uma montanha.

Um reino estará seguro enquanto seus trolls forem confiáveis. Quando o lar de um troll começa a se aviltar, é motivo para outros se preocuparem com seu bem-estar. Os olhos de um troll começam a escurecer quando ele passa a questionar a confiança e a honra. É o início do declínio de um troll rumo a seu Legado Unseelie. A maioria dos trolls tenta resistir a essa tentação com um estoicismo heroico: uma vez iniciado o declínio, os outros não confiarão tanto nele. Se ele confessar uma traição ou rejeitar suas crenças, seu semblante feérico mudará e sua face se cobrirá de pelos e assumirá feições grotescas. A essa altura, ele será reconhecido como um troll Unseelie. Os piores trolls Unseelie são denominados “ogros”. Uma vez Unseelie, o troll começará a se associar com fadas de má reputação, e o triunfo dos vilões malignos sobre os heróis famosos elevará sua autoestima.

padrim1

Por essa razão, os kithain Seelie falam muito bem dos trolls e reconhecem seu valor. Eles são valiosos demais para serem perdidos para a Corte Unseelie. Os trolls são mais do que os guardiões das pessoas e dos lugares que protegem; como defensores leais, eles também são vistos como guardiões dos valores da honra e do cavalheirismo.

Aparência: Os trolls são grandes, têm entre dois e três metros de altura, ossos largos e músculos de halterofilista. Os gigantes Seelie ostentam um certo ar de nobreza; apesar de muitos parecerem nórdicos, eles tendem a apresentar pele cinza-azulada, cabeleira basta e negra. No entanto, todos os trolls têm gélidos olhos azuis ou pálidos olhos verdes. Os trolls têm queixos fortes, dentes quase lupinos e pequenos chifres sulcados nas frontes.

Estilo de Vida: Em suas vidas como mortais, os trolls escolhem profissões honestas nas quais podem empregar suas habilidades. Os esportes e o trabalho policial são duas dessas vocações. Seus gostos são espartanos e eles preferem muito mais o trabalho ao lazer.

  • Os infantes crescem rápido. Eles aprendem que as crianças são fracas e acabam assumindo responsabilidades muito cedo. A infância é algo que deve ser deixado para trás. Abraça-se o estoicismo.
  • Os estouvados testam sua força e habilidade ao máximo. As grandes adversidades inspiram as grandes demandas. Contudo, eles são incrivelmente modestos e sempre se esforçam para superar a si mesmos.
  • Os rezingões são mais lentos que seus irmãos mais jovens, mas possuem força sobre-humana. Após uma carreira de serviços prestados, eles escolhem uma pessoa ou um lugar para protegerem até a morte. Nenhuma força na Terra é capaz de demover um troll anciano que tenha se decidido a fazer alguma coisa.

Afinidade: Fada

Direitos Inatos

  • Força de Titã: Os estouvados ganham um Nível de Vitalidade Escoriado a mais e um ponto adicional de Força durante a criação do personagem, mesmo que isso eleve essa característica acima de 5. Os rezingões ganham dois pontos adicionais de Força e dois Níveis Escoriados (num total de nove Níveis de Vitalidade). Entretanto, os ancianos também adicionam +1 à dificuldade dos testes baseados em Destreza.

Essa Força adicional não funciona na presença de mortais nem de desencantados, a não ser que o troll apele ao Fado.

  • Obstinação: Nada interfere com a devoção ao dever de um troll. Quando a serviço de uma causa, os trolls recebem dois dados adicionais em qualquer teste de Força de Vontade para resistir à tentação ou à distração.

Esse Direito Inato funciona o tempo todo.

Nenhum troll sofre falas críticas nos testes de Esportes ou Prontidão.

Fraquezas

  • Compromisso do Dever: O troll que renegar um contrato ou um juramento ficará doente e perderá sua Força de Titã. Ele só recuperará sua Força de Titã quando expiar pelo lapso de confiança. Geralmente, isso envolve o cumprimento de um novo juramento. Os trolls Seelie nunca mentem para as fadas sob sua proteção; os Unseelie mantêm seu compromisso, mas geralmente preferem apoiar fadas de reputação mais duvidosa. Essa confiança pode ser uma via de mão dupla; se a confiança de um troll for traída, ele será tomado pela fúria e precisará passar num teste de Força de Vontade (dificuldade 8) para não se tornar violento. O estoicismo do kith disfarça uma cólera imensa, talvez uma raiva que os acompanha desde que a Terra era jovem…

Fonte:Changeling: O Sonhar páginas. 104 e 105
Imagem: Um Troll por xGotikox
Revisão: Eva


Finalmente, tive tempo de terminar de digitar (ae!) o último Kith básico que faltava, então agora posso partir para algumas outras coisas. Estava pensando em começar, no que diz respeito a Changeling, a variar escrevendo sobre as Casas – mas começando pelas Casas que não estão no livro básico, antes de voltar a pincelar coisas mais básicas com Artes e Alçadas. O que vocês acham?

E o próximo artigo já está a caminho, não desanimem! :)

Sobre Eva

Tradutora, revisora, escritora e sonhadora. Anarcafeminista em constante estado de amor e horror com o mundo. Editora no Livro dos Espelhos.

Ver mais artigos de