Apadrinhe o Livro dos Espelhos!

Qualidades para Arquimagos

15/05/2012

Algumas vezes, personagens de Mago: A Ascensão se tornam poderosos demais. Certo, grandes poderes trazemde fato grandes responsabilidades, porém suas vantagens são igualmente grandiosas.

Algumas das Qualidades a seguir constam também no livro Horizon: The Stronghold of Hope (e que já foram publicadas aqui) porém, como são reapresentadas no Masters of the Art com variações na descrição, optamos por traduzi-las novamente.

Reputação de Estudante (2 Pontos)

Um de seus alunos fez sua reputação e seus feitos refletem em você. Talvez ele seje um jovem e vibrante talento que trouxe uma nova perspectiva para a sua Tradição. Suas atividades trazem a você grande respeito e suas façanhas são o assunto entre seus colegas.

Mensagem da Ascensão (3 Pontos)

Um Arquimago NÃO PODE possuir essa Qualidade.

Em alguma vida passada você incorporou uma mensagem em seu Avatar. Você se tornou um Arquimago e percebeu o seu erro tarde demais. Apesar de não poder fazer nada a respeito nessa vida, você implantou certos impulsos, imagens e bloqueios em seu Avatar para que na sua atual vida você evite o mesmo destino.

Você nunca se tornará um Arquimago. Seu Avatar simplesmente não irá cooperar. Apesar de você fazer Buscas para um maior Arete (seis ou mais), você não pode desenvolver suas esferas acima do nível de Mestre. Apesar de parecer uma habilidade, não é. Seu Avatar o força a ampliar seus horizontes.

Devido a sua adaptação a outros pontos de vista, você não apenas se livra dos focos mais rapidamente, mas aprende a usar outros paradigmas. Após alcançar um Arete de seis ou mais, você pode acessar os paradigmas de outros magos, apesar de sofrer +4 de dificuldade em todos os efeitos mágikos que são feitos fora de seu próprio paradigma. Para cada ponto de Arete acima de seis essa dificuldade é reduzida em um, até você poder utilizar todo e qualquer tipo de mágika.

Com sorte e esforço, sua visão ampliada forçada pode preveni-lo de cair na míope armadilha do Arquimagedom, e guiá-lo para a Ascensão.

Reputação Grandiosa (5 Pontos)

Histórias sobre seus feitos viajaram e se espalharam. Jovens estudantes reverenciam seu nome. Você é bem recebido em quase todas Capelas aliadas e acha assitência fora de sua Tradição. Você também é bem visado na Guerra da Ascenção e acaba atraindo muita atenção indesejada.

Se sua identidade for conhecida, todos em sua Tradição terão uma reação amigável a você, e mesmo magos de outras Tradições irão lhe tratar com respeito a não ser que tenham motivos específicos para não gostar de você. Os magos de sua facção estarão sempre dispostos a te ajudar. Enquanto a maioria dos magos é relutante em dividir conhecimento, recursos mágicos ou Talismãs, você pode contar com magos de outras Tradições lhe dando acesso a isso. Com as rolagens sociais apropriadas (geralmente Manipulação+Política das Capelas ou Destino) você pode negociar um breve empréstimo de um Talismã, Nodo ou outro item benéfico.

Anos de Sabedoria (5 Pontos)

Você envelheceu e fez quase tudo que se possa imaginar. Uma vez por sessão você pode adicionar um sucesso automático para qualquer ação não-mágika, sendo um ataque, esquiva, pesquisa ou persuasão. Ao começar a tarefa, você vai se lembrar de ter feito algo parecido antes (“Quando eu estava em Shiloh…”) e vai utilizar de sua experiência para ajudá-lo.

Aliados Poderosos (5-8 Pontos)

Compre o Masters of the Art

Ao decorrer dos anos você conseguiu se tornar amigo (ou ao menos estabelecer relações cordiais) com alguns seres de grande poder. Pode ser um grupo de Garou, outro mago antigo, um vampiro que é Princípe, alguma fada que é da nobreza, um antigo fantasma, uma múmia ou algo realmente bizarro. Apesar de nenhum de vocês arriscarem a vida, alma ou parte do corpo pelo outro, vocês tem o hábito de se ajudar.

Esta Qualidade serve como catapulta para muitas aventuras. O Narrador tem a palavra final sobre quais aliados o personagem terá e o quanto valem como Qualidade. Ele também definirá a ficha do aliado, apesar do personagem conhecer o básico de seu aliado, ele não será onisciente sobre as capacidades de seu amigo.

Exemplar (7 pontos de Qualidade)

Você integrou a sua Esfera de especialização em sua própria existência. Remotamente humano, você se tornou em carne e Avatar um representante de uma primordial cósmica.

Como um Exemplar, você tem inúmeros benefícios. Você pode aprimorar sua Esfera de especialização até o limite sem necessidade de ganhar mais Arete; você simplesmente absorve mais da Esfera em sua própria natureza, até se tornar uma poderosa entidade espiritual da Esfera apropriada até o nível 10. O custo para aprimorar sua Esfera Exemplar é de apenas x4 o novo nível em experiência. Tocando no Reino Fragmento de sua Esfera você pode renovar seu suprimento de Quintessência a qualquer hora: você deve meditar normalmente, mas você utiliza sua Esfera Exemplar em vez da Esfera de Primórdio para o feito e pode ser feito em qualquer lugar (na Umbra para Espírito ou perto de um grande incêndio para Forças). Você pode usar automáticamente contra-mágikas ofensivas contra qualquer manifestação de sua Esfera, sem precisar utilizar uma ação extra; isso pode até ser feito se você já realizou uma mágika no turno. Se você está no Reino Fragmento apropriado, a reserva de Quintessência de seu Avatar é renovada a cada turno.

Por outro lado, você quase não é mais humano. Você não pode aprimorar outras Esferas nem Arete. Você apenas trabalha com o Paradigma de sua Esfera. Quintessência retirada de outras fontes que não sejam de seu Reino Fragmento é inútil para você (energia universal é muito crua para seu Avatar sem limites). Você nunca irá Ascender, já que abriu mão desse objetivo em troca do conhecimento para se tornar algum dia um ser espiritual puro.

Exemplares são personagens que demandam muito da interpretação, já que a visão do universo é muito estreita para eles. Essa Qualidade é recomendada apenas para talentosos jogadores. Narradores não devem hesitar em banir personagens Exemplares de crônicas as quais eles não pertencem. Mesmo se esta Qualidade for permitida, o personagem deve ter o nível de Arquiesfera em sua Esfera Exemplar, coisa que não é apropriada para magos comuns.

Fonte: Masters of the Art – páginas 83 e 84
Tradução: Max
Revisão e Adaptação: Eva

Sobre Colaboração

Artigos publicados por leitores ou ex-autores do blog, que gentilmente colaboraram conosco ao longo dos anos. Artigos de opinião não necessariamente expressam a opinião das autoras do blog; traduções e resenhas têm suas informações checadas.

Ver mais artigos de