Drive Thru RPG

Processo de Criação de Personagem em Mago: A Ascensão (Parte 2)

24/12/2011

Neste post, vou explicar melhor como criar um personagem para Mago: A Ascensão. Seguirei o roteiro do módulo básico, enquanto crio a personagem. Vou fazer a ficha de uma das minhas NPCs, a Karen, uma Oradora dos Sonhos, que até então não tinha exatamente uma ficha.

Tive a ideia de fazer esse post depois de sentir em alguns dos meus jogadores uma certa dificuldade para encaixar os personagens que criaram nas regras do sistema.

Vamos lá?

Conceito

Karen deve ser uma Oradora dos Sonhos, mas não queria um personagem estereotipado. Então, decidi que ela seria “moderna”, e suas crenças estariam encaixadas no mundo moderno, então seria uma visão da Tradição dos xamãs vivendo na cidade de São Paulo. A ideia é que ela seja uma pessoa “normal”, que trabalhava com educação e realmente se importava com os alunos de seu colégio público, e que por certas experiências estranhas, acabou por Despertar. O conceito dela será Pedagoga Engajada. Depois de Despertar ouvindo os lamentos dos atormentados espíritos do bairro violento onde vivia, compreendeu que a violência na escola do bairro era em grande parte culpa desses espíritos atormentados, e não necessariamente das crianças e dos adolescentes. Após Despertar, Karen foi abordada pelos Oradores dos Sonhos, e aceitou receber ajuda e treinamento, compreendendo então a verdadeira natureza dos espíritos, o fato de Gaia estar viva e termos de cuidar dela, e ela acredita que pode ajudar a curar a Terra cuidando dos espíritos das pessoas e dos lugares.
Karen acredita no poder da mudança, mas que esta deve ser feita com planejamento e conhecimento de causa, então decidi que sua essência será Investigativa. Ela sempre procurará compreender um problema a fundo, para encontrar a melhor solução para ele.

Atributos

Karen realmente se importa com os espíritos e com as pessoas, e faz de tudo para se aproximar deles da melhor forma possível. Então, decidi que seus atributos primários serão os Sociais. Ela é bonita, um pouco mais bonita do que a média, então distribui dois pontos em Aparência, dando a ela Aparência 3.

A Karen é realmente simpática, é aquele tipo de professora que empolga seus alunos, e não é difícil gostar de seu tipo, sempre sorridente e pronto para ajudar. Coloquei, então, 3 pontos em Carisma, dando a ela um total de 4.

Apesar de ser Carismática, Karen fará qualquer coisa para convencer a quem precisar convencer de que sua comunidade e sua escola precisa de ajuda, e quando ela fica brava, é aquele tipo de pessoa que pode chegar a ser assustadora. Coloquei, então, os dois pontos restantes em Manipulação, deixando-a com um total de 3 pontos desse Atributo.

Como antes de tudo Karen é uma pedagoga, decidi que seus Atributos Secundários serão os Mentais. Ela tem uma boa percepção para entretextos e entrelinhas, e para perceber quando as pessoas estão acompanhando o que ela está falando, dei a ela 2 pontos em Percepção, deixando-a com 3.

Como ela é erudita, por mais que busque simplificar seu linguajar para que todos a entendam, deixei-a com 3 pontos em Inteligência após colocar dois pontos no Atributo.

Como ela tem um raciocínio lógico relativamente normal, dei a ela um ponto no Atributo Raciocínio, deixando-a com 2 pontos.

Como decidi que a Karen seria uma pessoa fisicamente comum, coloquei um ponto em Força, um em Destreza e um em Vigor, deixando-a com Força 2, Destreza 2 e Raciocínio 2.

Habilidades

Compre o Mage: The Ascension Second Edition

Apesar da Karen ser os Atributos Sociais como primários, decidi que, por ser pedagoga, ela terá como Habilidades Primárias a área de Conhecimentos, que terá então 13 pontos para distribuir entre essa área, lembrando que, nessa etapa, posso elevar uma Habilidade até o máximo de 3.

Como Karen está sempre pesquisando novas tendências e aprendendo coisas novas para aplicar em sua escola, coloquei 2 pontos em Computador.

Decidi que ela compreende relativamente bem o meio em que vive, e que é capaz de pensar criticamente a sociedade, então dei a ela 3 pontos em Cultura.

Ela é uma boa professora, então conhece o mínimo sobre leis que regem a educação e é capaz de compreender com um pouco mais de facilidade as demais leis, caso tenha tempo para ler, então coloquei 1 ponto em Direito.

Como ela gosta de ler tratados teóricos sobre metodologia educacional, coloquei um ponto em Lingüística, de modo que, agora, ela fale inglês.

Nesse ponto, lembrei que, durante seu treinamento, a Karen aprendeu mais sobre como os espíritos interagem com o meio e com as pessoas, então ela quis aprender muitos segredos sobre a Umbra, então dei a ela 3 pontos em Cosmologia (confesso também que é porque é inconcebível um Orador dos Sonhos que não compreenda nadinha sobre a Umbra).

Como muitos espíritos falam por meio de metáforas, e sinais e presságios que eles podem trazer seguem uma lógica própria, decidi que ela está começando a se inteirar melhor sobre isso, então coloquei 1 ponto em Enigmas.

Sobraram dois pontos, que para refletir melhor a formação dela, resolvi colocar na Habilidade Secundária Acadêmicos, então ela tem um conhecimento relativamente bom, que permite que ela seja professora de Ensino Funtamental I (ou seja, até a quarta série, ela dá aula pra crianças além de ser vice diretora da escola).

Ela sempre foi perceptiva, teve jeito para ensinar e soube se virar no bairro onde nasceu, cresceu e agora leciona, então optei por colocar Talentos como Habilidades Secundárias.

Ela sempre teve estranhos pressentimentos, sempre sentiu que “havia algo mais”, então coloquei 3 pontos em Consciência, um Talento que considero extremamente útil e importante para Magos.

Aliada a essa sensação de que havia algo mais, ela sempre teve alguns instintos precisos, então coloquei 1 ponto em Intuição.

Karen sempre teve jeito pra ensinar, então recebeu 2 pontos em Instrução.

Ela teve lá suas brigas nos tempos de escola, então coloquei 1 ponto em Briga. Aliado a isso, ela sobreviveu na periferia de São Paulo, e sabe um pouquinho de como se virar, então coloquei 1 ponto em Manha. Como se for necessário ela até é capaz de contar uma ou duas mentiras, coloquei um ponto em Lábia.

Agora me sobraram 5 pontos para distribuir entre as Perícias dela.

Ela sabe dirigir, então coloquei 1 ponto em Condução, o que significa que ela não é uma motorista lá tão boa assim, mas dirige bem para ir e voltar do trabalho.

Ela tem uma noção de como inspirar as pessoas a seguirem algo em que ela acredita, então coloquei 1 ponto em Liderança. E como ela sabe, se tiver tempo o bastante, como pesquisar na biblioteca ou até mesmo na internet sobre algo, coloquei 1 ponto em Pesquisa.

Ela sabe se virar bem na cidade, então ganhou um ponto em Sobrevivência. O ponto que restou coloquei em Meditação, porque ela aprendeu uma ou duas coisas com seu mentor, embora ainda encontre certa dificuldade de se desligar do que dizem as vozes da cidade.

Num post futuro continuarei explicando o processo de criação da Karen.

Beijos!

Autora: Eva

Sobre Eva

Escritora, tradutora e revisora, bruxa feminista, maga da Dragão Brasil, Oráculo do Livro dos Espelhos e editora da Aster Editora.

Ver mais artigos de