Apadrinhe o Livro dos Espelhos!

Parma Magica – Mago: A Ascensão

08/01/2012

magic-cross-pendant-by-alchemy-gothic-3788-pPrimórdio 3

Bonisagus, o brilhante arquimago, classificou a parma magica (do latim “escudo mágico”) como sua maior criação. Esta contramágika de proteção imunizava os feiticeiros medievais contra a mágika uns dos outros, permitindo uma comunicação mais pacífica. Como uma ferramenta diplomática, a parma magica é extremamente importante para a história da magia: permitiu a fundação das Casas de Hermes e, indiretamente, de todas as Tradições. A Ordem detalhou o funcionamento desta rotina e a disponibilizou para as outras Tradições durante a Grande Convocação, 1457-1466.

Para preparar a parma magica, o Hermético cria um escudo do tamanho de sua mão com um item pessoal que simbolize aquilo em que confia (por exemplo, um certificado de premiação cortado no formato de um escudo, ou uma safira esculpida para que se pareça com o rosto de seu mentor). O mago segura o item junto ao coração, depois na testa e canaliza Quintessência para ele. Profere, então, as palavras “Encantamento de boas-vindas a estranhos”, e coloca a parma magica sobre o coração – geralmente num bolso da camisa ou bolsa.

[O Efeito Parma Magica permite que um mago “estoque” Quintessência, utilizável apenas para ajudá-lo em contramágika defensiva, antimágika e desfazer. Para cada sucesso que ele consiga nesta rolagem de efeito coincidente, o mago poderá estocar 2 pontos de Quintessência, até o limite de sua Roda de Quintessência/Paradoxo. Quintessência estocada não se esvai ou perde a potência, e podem ser repostos após a sua utilização da mesma forma que a reserva própria de Quintessência do mago. Este escudo é mágika coincidente. No entando, o defensor precisa de um tempo para erguer o escudo, ele não funciona automaticamente.

O Narrador pode assumor que qualquer personagem que conheça este feitiço começa cada história com um estoque de parma magica cheio de Quintessência, exceto se as circunstâncias disserem o contrário.]

Fonte: Tradition Book Order of Hermes 1st Edition – páginas 65-66
Tradução: Eva

Sobre Eva

Tradutora, revisora, escritora e sonhadora. Anarcafeminista em constante estado de amor e horror com o mundo. Editora no Livro dos Espelhos.

Ver mais artigos de