Drive Thru RPG

Facções Históricas do Culto do Êxtase – Parte 2

13/11/2013

creoleNo artigo de hoje, retomo as Facções Históricas do Culto do Êxtase, trazendo as facções Erzuli Jingo e Vratyas.

O próximo artigo do Culto do Êxtase provavelmente abordará os Grupos Dissidentes da Tradição, e espero que eu possa me dedicar a isso logo.

Aqueles que são membros do Fórum Livro dos Espelhos podem acessar clicando aqui uma tradução que fizemos em relação à polêmica existente entre Extáticos e o uso de drogas. Caso você não seja membro do nosso fórum, pode se inscrever aqui. Em breve, o fórum trará novos artigos exclusivos para seus membros.

Ler Facções Históricas do Culto do Êxtase – Parte 1

Espero que gostem.

As Facções Históricas do Culto do Êxtase – Parte 2

Erzuli Jingo

A facção Erzuli Jingo segue a tradição da fé Vodun – ou Creole, como é preferivelmente tratada atualmente em muitos lugares, principalmente nas Américas. Dedicam-se principalmente à invocação da Loa Madame Santa Erzuli, e através Dela curam corpos e mentes através dos sonhos. Possuem seus lugares sagrados, onde fazem oferendas diversas, conhecendo bem os Iwa (espíritos Loas), também chamados de Mistérios e Invisíveis. Através de oferendas (as mais comuns, dedicadas à Madame Erzuli, são de champagne e rosas), música e êxtase religioso através da dança, convidam Iwa amigáveis para que baixem e os ajudem a, principalmente, curar. A iniciação na facção geralmente se dá por linhagem familiar, através de oferendas e buscas visionárias.

Compre o Tradition Book Cult of Ecstasy First Edition

Compre o Tradition Book Cult of Ecstasy First Edition

Organizam-se em círculos compostos geralmente de nove mulheres, sendo ao menos uma Desperta, que trabalha duro em suas comunidades para ensinar e instruir principalmente as crianças.

Ainda que Erzuli Jingo sejam curandeiros e magos dos sonhos renomados, também são magos conhecidos por suas maldições e pelas formas de “magia negra” que usam para combater seus inimigos. Tais inimigos são combatidos com visitas a seus sonhos e, às vezes, por distorções em formas grotescas através práticas de Artes da Vida. Ainda que seja uma facção, frequentemente trabalha com os membros do Ofício Bata’a.

Na Edição Revisada de Mago, com o advento da Tempestade de Avatar, ficou praticamente impossível contatar os Iwa, o que levou Erzuli Jingo a se dedicar a questões mais mundanas, com sua mágika não mais envolvendo viagem astral. Assim, muitos trocaram o êxtase possesso para focar mais em suas próprias famílias, sendo que muitos estão simplesmente lutando para manter seus caminhos vivos neste mundo.

Vratyas

A facção Vratyas possui uma história longa e enigmática. Poderosos, acredita-se que seja o próprio coração do Culto do Êxtase, e que Sh’zar teria sido aprendiz deste grupo. Espalham-se desde a Índia e atualmente protegem seus caminhos milenares e grande poder em algum lugar seguro no Nepal, ou é o que se diz. Quando um membro desta vila ancestral atinge a puberdade, é iniciado nos caminhos da sexualidade pelos anciões e então enviado para fora, para que faça suas próprias Buscas pelo mundo.

Não costumam se misturar aos caminhos de outros Cultistas, exceto para ensinar os caminhos do Tantra e os segredos do corpo humano e de como liberar seu potencial ilimitado.

Compre o Tradition Book Cult of Ecstasy Revised

Compre o Tradition Book Cult of Ecstasy Revised

Suas Artes são poderosas, e as aprendem desde o nascimento (ou até antes da concepção, através do uso das Esferas da Vida, do Tempo e da Mente). Acredita-se que possuem a chave dos segredos da viagem no tempo para o passado, mas poucos estariam minimamente qualificados para confirmar ou mesmo refutar tal rumor.

Enquanto outras facções buscam disseminar seus conhecimentos, Vratyas preferem manter seus segredos para si. Não se trata de egoísmo, pois sabem que, em mãos erradas, suas artes poderosas podem ser extremamente perigosas.

É dito que seu amor pela humanidade é tão grande quanto o dos Portadores do Prazer e sua disposição para destruir tão grande quanto a dos Eutanatoi. Porém a facção Vratyas permanece um grande e silencioso mistério, e poucos se dispõem a tentar descobrir seus segredos.

* * *

Não se esqueçam de deixar opiniões, dúvidas e sugestões nos comentários, ok? Cada uma delas é levada em consideração, ponderada e respondida, mesmo que demore um pouco.

Infelizmente, somos apenas duas para fazer tudo, então não podemos escrever artigos ou mesmo responder comentários com a frequência que gostaríamos. Caso você queira colaborar, é só clicar aqui para enviar seu artigo ou contribuição pra gente.

No momento, estamos procurando alternativas para que possamos nos dedicar mais tanto ao blog quanto a projetos relacionados ao Livro dos Espelhos, e esperamos que muito em breve possamos trazer para vocês um pouco mais de informação sobre isso.

Artigo Anterior: Facções Históricas do Culto do Êxtase – Parte 1 >

Fonte: Traditionbook Cult of Ecstasy 1st Edition e Traditionbook Cult of Ecstasy Revised Edition
Autora/resenhista: Eva

Sobre Eva

Tradutora, revisora, escritora e sonhadora. Anarcafeminista em constante estado de amor e horror com o mundo. Editora no Livro dos Espelhos.

Ver mais artigos de