Drive Thru RPG

Convenção Tecnocrata: Nova Ordem Mundial

19/04/2012

A Nova Ordem Mundial ou simplesmente NOM é a Convenção da Tecnocracia responsável por recepcionar e moldar os diversos tipos de informação. Vistos como diplomatas ou burocratas, os membros da NOM na realidade fazem um pouco mais do que isso. Se infiltrando nas outras Convenções e até mesmo entre os Tradicionalistas, essa Convenção é o pilar de sustentação de toda a metodologia presente dentro da Tecnocracia, impedindo que os elos fracos continuem entre eles e exercendo o poder da manipulação na população não-Iluminada.

Distribuídos entre os diversos trabalhos das Convenções por motivos que variam desde simplesmente vigiá-los ou até mesmo fazer com que a harmonia exista entre membros de outras Convenções. Dando a liga para que as Convenções possam formas suas muralhas, há também uma imagem que é pouco vista, a de pacificadores e facilitadores do trabalho. É atribuído à Convenção um peso que os outros muitas vezes não são capazes de perceber.

Compre o Guide to the Technocracy

Assumindo a imagem de agentes pela união, a Nova Ordem Mundial é capaz de inserir na amálgama da Tecnocracia espiões qualificados para verificar desde a qualidade dos serviços oferecidos até o rompimento dos Preceitos de forma displicente e sem explicação, o que se torna assim outra ferramenta eficaz para garantir o funcionamento de todo o sistema.

Aparentemente se apresentando como uma Convenção flexível para seus membros, quando dentro de seus métodos o que vemos é um complexo sistema de organização interna, como todas as convenções, a NOM apresenta repartições internas que refletem a metodologia que certos grupos aplicam para obter um ideal em comum.

Metodologias

A Torre de Marfim –realizando o trabalho burocrático e administrativo das demais Convenções, consegue manter um registro computadorizado sobre isso, o que é útil do ponto de vista informativo a respeito dos mais diferentes acontecimentos passados e atuais de toda a União Tecnocrática.

Compre o Technocracy: N. W. O.

Operativos – responsáveis por monitorar os transgressores, se apresentam nos mais diferentes disfarces, exercendo assim toda a habilidade de coleta de informação e espionagem que possuem, até por isso são estereotipados como ternos cinza além, é claro, do uso corriqueiro desse traje.
Vigilantes – observadores das Massas e manipuladores das mídias sociais para implantar ou impedir que certas informações ou notícias venham a ser derramadas nas mentes de quem certamente não está preparada o suficiente para absorvê-la, além de ajudar a impor aos poucos o paradigma tecnocrático nas massas em geral.

Existem coisas que o homem não está preparado para saber e cabe à NOM ocultar isso deles. Em compensação, há coisas que tem que ser levadas para o homem e essa também é a função da NOM. Atrás do que parece ser os mais humanistas de toda a União Tecnocrata estão os mais soturnos e manipuladores de mentes Iluminados, capazes de firmar cada vez mais o paradigma da União na humanidade e ao mesmo tempo fazer com que a própria união não fuja a seus ideais.

Fonte: Guia da Tecnocracia; Technocracy: N.W.O.
Imagem: Filme “O Espião que Sabia Demais”
Resenhista: Vivas
Revisão: Eva

Sobre Colaboração

Artigos publicados por leitores ou ex-autores do blog, que gentilmente colaboraram conosco ao longo dos anos. Artigos de opinião não necessariamente expressam a opinião das autoras do blog; traduções e resenhas têm suas informações checadas.

Ver mais artigos de