Drive Thru RPG

Clã Ravnos – Vampiro 20 Anos

21/05/2012

“O quê? Isso não são ossos. São sinos dos ventos. Tudo vai ficar bem. Relaxe.”

Os Ravnos se movem como os rumores que os rodeiam. Eles são o ladrão na noite, o raksha seguido pelo vento, o sonho-pesadelo apavorante demais para ser verdadeiro. Sejam associados ao povo Romani da Europa ou aos ladrões-de-tumba ghûl do Oeste da Ásia, a sociedade dos Membros sobrecarrega os Ravnos com preconceitos de imundos, sujos e perversos.

Com reputações como essas, os Ravnos são considerados párias mesmo entre aqueles Membros que não se aliam às Seitas.  Muitos jovens Ravnos tendem a não-vidas nômades, movendo-se de um domínio ao próximo ou se escondendo nos limites de territórios estabelecidos, de onde podem escapar se os sentimentos dos Membros locais se voltarem contra eles. Isso exacerba a reputação deles como transitórios, ciganos, pragas vadias, mas vampiros Ravnos se adaptam bem, prosperando no seu papel marginalizado. De fato, muitos escolhem fazer de si mesmos os horrores arrebatadores que os outros Membros acreditam que eles sejam.

Compre a edição de 20 anos de Vampiro: A Máscara

Os mais esclarecidos entre os Ravnos seguem uma ideologia de Clã inspirada no ciclo de reencarnação defendido por muitas religiões indianas. Entre alguns jovens e inescrupulosos membros do Clã, porém, essa filosofia se torna um pendor por caprichos ou uma desculpa para o caos. São esses últimos Membros que dão a tantos Ravnos um nome ruim, mas mesmo os devotos parecem bizarros à muitos vampiros.

Os Ravnos praticam uma disciplina única conhecida como Quimerismo que convence seus inimigos de que eles veem coisas que não existem.  O Quimerismo faz muito para convencer os Membros que os Ravnos negociam em mentiras e desorientação, mas também pode se provar a salvação de um Enganador e um alívio para os caprichos de uma não-vida de pária.

Apelido: Enganadores

Seita: O Clã Ravnos geralmente tem dificuldade em seguir a ordem rigorosa de muitas cidades da Camarilla, e não tem o amor inerente pela violência do Sabá. Assim, os Enganadores se encontram Independentes por falta de uma opção melhor.

Aparência: Jovens Ravnos frequentemente vêm da herança Romani do Leste Europeu, com uma relativa escassez de gadje “não ciganos” em suas fileiras. Dos poucos anciões do Clã que restaram se presume que venham da Índia ou do Oriente Médio. Dado o fato que o Clã é altamente disperso e não possui um domínio central, não há uma aparência predominante, e qualquer Membro vagabundo pode ser de origem Ravnos.

Compre o Clanbook Ravnos First Edition

Refúgio: Muitos Ravnos preferem pegar a estrada a estabelecer refúgios permanentes, habitando temporariamente entre comunidades itinerantes, em paradas de refúgios de beira de estrada, ou mesmo em veículos. Quando um Enganador cria raízes em um domínio, seu refúgio permanente é frequentemente longe de territórios de Membros que atraiam a atenção. Refúgios em guetos étnicos, periferias industriais e de geografia isolada são mais seguros e mais facilmente cultivados para os Ravnos.

Antecedentes: Os Ravnos são dispersos e desconfiados, e as Crianças que não tem a tendência à autossuficiência não duram muito. Em muitos casos, ou um Ravnos nunca Abraçará, ou Abraçará por companhia ou segurança, com pouca preocupação para como o bem estar da Criança como um vampiro. Ravnos raramente procuram por Crianças ativamente, ao invés disso tomando daqueles cujos caminhos eles cruzam em uma noite qualquer. Assim, a reputação de vagabundos sem sorte tende a seguir os Enganadores.

Criação de Personagem: Naturezas egoístas e forasteiras são comuns entre o Clã. Atributos Físicos e Sociais predominam, assim como Talentos e Perícias. Ravnos mais sábios desenvolvem uma variedade de Antecedentes que pode lhes dar uma vantagem quando estão na estrada ou em uma situação apertada, tais como Recursos guardados, um Domínio defensável e uns poucos Aliados ou Contatos.

Disciplinas do Clã: Animalismo, Quimerismo, Fortitude

Compre o Clanbook Ravnos Revised

Fraquezas: Uma história turbulenta faz dos Ravnos escravos de seus vícios. Cada Ravnos tem tendência para um tipo de vício – mentira, crueldade ou roubo, por exemplo. Quando se apresenta a oportunidade de praticar aquele vício, o Ravnos deve entregar-se a ele a não ser que seu jogador tenha sucesso numa jogada de Autocontrole ou Instinto (Dificuldade 6)

Organização: Os Ravnos são um Clã distante, com pouco a uni-los e um conhecimento de que cada Enganador pensa em seus interesses primeiro. Isso dito, Ravnos frequentemente gostam de fazer um grande show de camaradaria entre o Clã e cultura ritual, mesmo que eles saibam que promessas feitas umas aos outros são passageiras como sussurros no vento noturno. É sabido que Enganadores se aliam contra inimigos em comum como Príncipes tiranos ou pogroms do Sabá, mas essas alianças rapidamente se desfazem quando a ameaça não mais existe.

 

Fonte: Vampire: The Masquerade – 20th Anniversary Edition – páginas 64 e 65
Imagem: Vampire: The Masquerade – 20th Anniversary Edition – página 64
Tradução: Emi
Revisão: Eva

Sobre Colaboração

Artigos publicados por leitores ou ex-autores do blog, que gentilmente colaboraram conosco ao longo dos anos. Artigos de opinião não necessariamente expressam a opinião das autoras do blog; traduções e resenhas têm suas informações checadas.

Ver mais artigos de