Drive Thru RPG

Amuletos e Engenhocas

08/01/2012

Amuletos (ou Engenhocas para a Tecnocracia e Filhos do Éter) são Maravilhas de uso único tais como poções, velas mágicas, pó de desaparecimento, água benta, fórmulas milagrosas, balas mágicas, vinho sacramental, latas de cremes para voar, pontos de ácido “realmente bons”, pavios de traques, câmeras fotográficas Kirlianas descartáveis e afins. Diferente dos Talismãs, que podem ter um bom tanto de Efeitos místicos, os Amuletos são normalmente criados para um propósito único. Ocasionalmente, há Amuletos e Engenhocas com usos diferentes (“Limpa os dentes e refresca o hálito!” “É uma cera de chão! É uma cobertura de sobremesa!”), mas seus poderes geralmente vêm de uma mesma fonte se alguém prestar atenção o bastante. Por exemplo, apesar da água benta verdadeira ser útil tanto para dissolver vampiros quanto para banir demônios, seu principal uso é lavar os pecados, explicando porque tanto os Amaldiçoados quanto os Malditos a consideram desagradável.A substância física de um Amuleto ou Engenhoca é geralmente consumida quando sua magia é lançada. Estes itens consumíveis podem possuir Efeitos poderosos, mas que eventualmente desaparecem. No melhor dos casos, se tornam meras recordações, cascas não-mágicas de seu antigo poder. Por exemplo, enquanto que um espelho mágico que fosse criado como um Talismã seria mágico para sempre, um espelho Amuleto só funcionaria um número limitado de vezes antes da mágica esgotar – possivelmente com algum efeito dramático como o vidro quebrar quando a última mágica se for. Tais itens não podem ser recarregados como os Talismãs, embora seus remanescentes físicos possam ser usados na criação de outro Amuleto, reciclados como parte de uma nova Engenhoca ou encantados novamente, dependendo das circunstâncias.

Compre o Mage Storytellers Companion

Amuletos são bons apenas por um determinado número de usos ou quantia de tempo antes que seu poder se vá, mas ao contrário de Talismãs, podem ser mais úteis deste jeito. Por exemplo, um frasco pode ter apenas cinco pílulas mágicas sobrando, mas os comprimidos podem ser divididos entre os membros do grupo. Da mesma forma, uma vela mágica pode durar só duas boas horas, mas dividindo ao meio, você pode obter duas velas de uma hora. Nem todos os Amuletos e Engenhocas são divisíveis desta forma – alguns, como câmeras descartáveis, perdem o poder quando quebrados, enquanto outros, como pílulas individuais, não tem mágica o bastante para que seja compartilhada – mas a maioria vem com uma quantidade de cargas que podem ser utilizadas conforme a necessidade. Para feitos particularmente difíceis, ou em condições adversas, Amuletos também podem ser “reforçados” para aumentar o número de cargas que podem ser usadas por vez.

O que constitui uma carga ou dose e a quantidade de tempo que ela dura é uma questão a ser respondida pelo Narrador. Um ponto de ácido ou um quadro de um filme é obviamente uma carga, embora para itens como velas, o julgamento deve ser baseado no poder do item e no efeito desejado. Uma vela cuja luz revele a presença de fantasmas e espíritos pode aguentar bem cinco minutos por carga (uma vela, obviamente, com múltiplas cargas), enquanto um creme de vôo, para ser clássico, precisa durar o suficiente para que você chegue onde está indo. De modo geral, cada carga dura uma cena, seja uma cena de cinco minutos de combate sem trégua ou de duas horas de lazer conversando em um café. Doses ou cargas múltiplas também podem ser necessárias para feitos particularmente difíceis.

Fonte: Mage Storytellers Companion – páginas 54 e 55
Tradutora: Eva

Sobre Eva

Tradutora, revisora, escritora e sonhadora. Anarcafeminista em constante estado de amor e horror com o mundo. Editora no Livro dos Espelhos.

Ver mais artigos de