Apadrinhe o Livro dos Espelhos!

A Corte Seelie das Fadas

07/06/2012

Historicamente, a Corte Seelie de Changeling: O Sonhar é a que governa os fae. Continua a existir nos dias modernos, mesmo quando os ventos do outono sopram forte.

Muitas vezes, Kithain novatos e forasteiros referem-se à Corte Seelie como a corte “boa”. Ainda que os valores da Corte Seelie sejam guiados pelas virtudes do amor e da honra, não raramente, tais valores entram em conflito com a moral do mundo moderno, e geralmente o amor cortês não faz mais parte da realidade dos mortais.

Em muitos pontos, o Código Seelie está enraizado nas tradições marciais e folclore esquecidos do mundo da Idade Média.

Muito tempo atrás, antes que ocorresse o Shattering, a Corte Seelie governava a primavera e o verão, de Beltane a Samhain. Mas o mundo e as regras mudaram desde o Interregnum, e desde o Ressurgimento, é a Corte que tem mantido o poder em muitas partes do mundo – fato possivelmente relacionado ao fato dos fae Seelie manterem melhores relações com os mortais do que os Unseelie.

Muitos dos fae da Corte Seelie buscam trazer de volta a união entre o mundo dos mortais e o Sonhar, exatamente como era antes que os mundos se dividissem. Ainda que os Seelie considerem, geralmente, a corte Unseelie como rival, o grande inimigo de todos os fae é a Banalidade.

Casas Seelie

  • Casa Dougal
  • Casa Eiluned
  • Casa Fiona
  • Casa Gwydion
  • Casa Liam
  • Casa Beaumayn
Leia mais sobre as Casas

Fonte: Changeling: The Dreaming Second Edition – páginas 72 e 73
Resenhista: Eva

Sobre Eva

Tradutora, revisora, escritora e sonhadora. Anarcafeminista em constante estado de amor e horror com o mundo. Editora no Livro dos Espelhos.

Ver mais artigos de